“Hoje foi outro dia incrível de ação na praia da Arda. Mais uma vez, as ondas de cerca de 1 metro permitiram que os jovens bodyboarders dessem espetáculo”, referiu Terry McKenna, world tour manager da Association of Professional Bodyboarders (APB).

O grande destaque do dia vai para o canário Armide Soliveres, que conquistou o título de campeão do mundo júnior o ano passado também em Viana do Castelo. Após, ontem, já ter tido uma boa performance, hoje, somou a onda mais alta do campeonato: 10 pontos, levando ao êxtase a grande assistência presente na praia. Foi no heat 2 dos quartos de final contra o seu conterrâneo Javier Zerpa, que também esteve em grande destaque.

“Hoje foi um dia espetacular!  Consegui fazer ondas muito boas, incluindo a melhor onda do campeonato, até agora, e boas baterias”, avançou Armide.

Também o havaiano de 14 anos, Mana Fujihara, mostrou ser uma estrela futura em potência do bodyboard mundial, apesar de ter perdido no 1º heat dos quartos de final frente a Nicolas Capony, que, com um score total de 11, foi o primeiro atleta a carimbar o passaporte para a semifinal.

Também o wildcard Joel Rodrigues esteve em grande destaque. Com manobras de relevo e combinações, foi o melhor português no campeonato tendo disputado nos quartos de final o espanhol Bruno Martin.

“Fui o melhor português em prova. Fiz heats com bons scores. Mas, lamentavelmente, não consegui passar à meia-final”, avançou Joel Rodrigues.

David Zamith, o único atleta do Surf Clube de Viana (SCV) a disputar o APB Pro Junior Grand Slam e que avançou até ao round 6, disse “o campeonato estava com um nível altíssimo. Cada heat foi um grande espetáculo. Estou muito feliz por ter participado, no entanto senti que podia ter dado mais”.

Para Terry Mckenna “as performances de classe mundial que marcaram o dia de hoje, em Viana do Castelo, mostram que o futuro do bodyboard está em excelentes mãos”.

Amanhã, haverá uma paragem no Viana World Bodyboard Championship 2019, devido às más condições meteorológicas previstas para a costa portuguesa.

Assim, a competição, com a semifinal e a final, regressa no domingo, que, em resultado das condições de amanhã, deverá beneficiar de excelentes ondas.

O Viana World Bodyboard Championship é organizado pelo SCV, em parceria com a APB e a Câmara Municipal de Viana do Castelo.

Conta também com os apoios do Instituto Português do Desporto e Juventude, da Fundação do Desporto, da Federação Portuguesa de Surf, da Marinha Portuguesa, da World Surf Cities Network, do Axis Hóteis, da Delta Cafés, da Silampos, da Amorim Isolamentos, da Science, da Cunha Bastos, da Viana Segura, da Cabo d'Mar, da Escola Superior de Desporto e Lazer - IPVC, da Vava, do Hospital Fernando Pessoa, da A Aurora do Lima, da Meo Beachcam e do Corpo Europeu de Solidariedade.

Boas Ondas! Melhor Surf!

Link para download de fotografias:

Fotografias: Tó Mané